Product ID: 46
New In stock
Mucuna Pruriens 400mg - 60 cápsulas

Mucuna Pruriens 400mg - 60 cápsulas

Referência: 6963


Por:
R$ 50,00

ou 3x Sem juros de R$ 16,67
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Planta proveniente da Índia, reconhecida pelas propriedades afrodisíacas.

Indicada no tratamento de doença de Parkinson, impotência sexual.

Estimula o estado de alerta e melhora a coordenação.

Mucuna pruriens também estimula a deposição de proteínas nos músculos e proporciona aumento da força e massa muscular. O seu extrato é também conhecido por estimular o estado de alerta e melhora a coordenação.

Estudos clínicos e pré-clínicos mostram que Mucuna pruriens tem grande importância no tratamento da doença de Parkinson. Foram tratados sessenta pacientes com a doença de Parkinson com Mucuna pruriens em um estudo aberto durante 12 semanas. Estatisticamente, houve reduções significantes na doença de Hoehn e de Parkinson unificado mostrando taxas de contagem do início ao término do tratamento.

Mucuna pruriens estimula a testosterone-enantato induzido pela atividade androgênica observada em um grupo de indivíduos tratados. Estudos também mostraram que as sementes de Mucuna pruriens podem provocar um aumento significante na contagem de espermatozóides, vesículas seminais e próstata dos ratos albinos tratados. Estudos também mostraram sua utilidade como estimulante de SNC, anti-hipertensivo e estimulante sexual. 

 

Indicação

- Auxiliar no tratamento da doença de Parkinson (contém L-dopa natural);

- Auxiliar no tratamento da impotência e disfunção erétil;

- Usado como afrodisíaco e para aumentar a testosterona;

- Auxiliar como anabólico e androgênio, fortalecendo os músculos e  ajudando a estimular o hormônio do crescimento.

 

Composição

60 cápsulas

Mucuna 400mg 

Excipiente qsp 1 cápsula

 

Modo de usar

Tomar 1 cápsula ao dia, após o café da manhã ou conforme orientação de profissional habilitado.

 

Advertências

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

8. Este medicamento não dever ser usado por gestantes e lactantes.

9. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.

10.Este medicamento pode potencializar medicamentos androgênicos.

11. Este medicamento pode potencializar a insulina e medicamentos anti-diabetes.

12. Este medicamento potencializa medicamentos com levodopa.

13. Mucuna pruriens inibe a prolactina. Caso você tenha uma condição médica resultando em níveis inadequados de prolactina no corpo, não use a menos que sob supervisão médica.

14. A semente contém alta quantidade de L-dopa. Levodopa é o medicamento usado para tratar doença de Parkinson. Pessoas com doença de Parkinson devem apenas usar sob supervisão médica.

15. Mucuna pruriens mostrou ter a habilidade de reduzir o açúcar do sangue. Pacientes com hipoglicemia ou diabetes devem usar somente sob supervisão médica.

16. É contra indicado em combinação com inibidores M.A.O.

17. Mucuna pruriens possui atividade androgênica, aumentando os níveis de testosterona; pessoas com síndromes andrógenas excessivas devem evitar o uso.

18. Doses elevadas de Mucuna pruriens pode causar super estimulação, aumento da temperatura corpórea e insônia.

19. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

20. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica. 

21. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO" 

 

Validade

4 meses.

 

Referências

1. Rastogi, R.P. and B.N. Mehrotra. 1991b. Compendium of Indian medicinal plants. Vol. I(1970?1979).Central Drug Research, Institute, Lucknow and Publications andInformation Directorate, New Delhi.

2. Sastry, C.S.T. and Y.Y. Kavathekar. 1990. Plants for reclamation of wastelands.Publications and Information Directorate, New Delhi. p. 317-318.

3. Shalini, K. 1997. Vedic leguminous plants. Classical Publ. Co., New Delhi.

4. Shashtry, R.K. 1995. Bhartiya Jabi-butiyon tatha vrikcho ke chamatkar. Dehati PustakBhandar, Delhi.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características


    Confira também